Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA
Mostrando postagens com marcador #Justiça. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador #Justiça. Mostrar todas as postagens

novembro 23, 2017

NÃO ESTOU SATISFEITO COM A BANDIDAGEM EM NOSSO PAÍS! VOCÊ ESTÁ?

NÃO ESTOU SATISFEITO COM A BANDIDAGEM EM NOSSO PAÍS! VOCÊ ESTÁ?
Autor: Pr Flávio da Cunha Guimarães

Sejamos honestos e sinceros para conosco mesmos. Estamos nós satisfeitos com as leis frouxas de nosso país que abrem brechas para bandidos e políticos se safarem? Leis que dão privilégios para os bandidos e políticos enquanto gente do bem fica refém deles? Eu não Estou!


Imagem do Google

Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=Imagem+de+pessoas+descontentes&newwindow=1&safe=

Acessado em: 23/11/2017

Estamos nós satisfeitos com a bandidagem mandando nesse país, estabelecendo as suas próprias leis dentro de comunidades, espalhando terror, pavor e medo, o povo fica calado e coagido porque corre o risco de vida? Eu não estou!

Estamos nós satisfeitos com a Justiça que condena uma mulher a 4 anos de reclusão porque roubou um pote de margarina, enquanto os que desviam milhões e bilhões de reais estão soltos e tem juízes do S T F (Supremo Tribunal Federal) soltando? Eu não Estou!

Você Está satisfeito com tanta impunidade, bandidos que são soltos antes de cumprirem as penas, isso quando são presos? Eu não estou!

Chegamos ao ponto que não dá para suportar mais tanta imoralidade dentro das instituições e empresas que envolvem os governos federal, estadual e municipal, nas câmaras, congresso Nacional e na justiça em todas as instâncias! Tanta corrupção de todas as partes e escalões! Tanta banalidade para com a vida humana! Chegamos no limite que não dá mais para suportar tanta violência e de maneira brutal! Está na hora de o povo brasileiro colocar um basta em toda essa baderna! Dizer: Chega de desmando! De incompetência de se submeter a comando de bandidos!

Chega, também, de os pais fazerem de conta que educam os filhos! Está na hora dos pais começarem colocar limites para os filhos, disciplinar e corrigir o comportamento errado e estapafúrdio se o mesmo persistir. Chega de tanto absurdo! Pirralhos que acabaram de sair das fraldas pintando, bordando, mandando e desmandando dentro das casas dos pais e comendo às custas deles. E os pais acham que a desobediência, a rebeldia é assim mesmo, que tudo que os filhos fazem de errado é normal, sem saberem que já foi feita uma lavagem cerebral na sociedade brasileira e por consequência já atingiu os filhos!

Pais passivos diante das atitudes agressivas dos filhos. Filhos que desde pequenos batem no rosto dos pais, chutam-nos, mordem-nos, xingam-nos e gritam para com os pais. Faltam com o respeito para com os idosos em geral, avós e tios e os pais não corrigem os filhos!Acorda pais enquanto há tempo!

Pais que não dizem "NÃO" para os filhos porque a maioria não tem autoridade e exemplo de vida para dizer não; mas os filhos dizem não para os pais com muita facilidade e cara de pau. Pais que veem os filhos fazendo artes, mexendo em coisas e quebrando-as nas casas dos outros, dizem não para os filhos e os mesmos continuam como se nada fosse dito. Os pais, neste caso, dizem não por dizer, os filhos continuam fazendo as mesmas coisas, os pais não tomam atitude e nem providência! Se é não, é não e pronto! Tem que fazer o seu não prevalecer, mas não o fazem! Reajam pais! Eduquem seus filhos antes que os bandidos eduquem em seu lugar! Adotem seus filhos antes que os traficantes os adotem! Instruam os seus filhos antes que algum cabeça de vento queira instruírem os seus filhos em seu lugar!


Imagem do Google

Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=Imagem+de+filhos+rebeldes&newwindow=1&safe=active&source=

Acessado em: 23/11/2017

Filhos que crescem não respeitando os pais, não respeitarão as autoridades, desde a escola e juízes, até a autoridade de Deus. Filhos esses que terão grande tendência para serem marginais, mau caráter, violentos quando for colocado limites para eles e revoltados contra a sociedade, contra si mesmos, contra a família e contra Deus.

Chega de omissão dos pais, das autoridades e dos líderes religiosos! Está na hora de corrigir o que está errado, nunca será tarde demais enquanto se tem vida! Está na hora de denunciar os crimes e criminosos, seja que for! Está na hora de se criar leis decentes neste país e se puna de verdade os criminosos inveterados! Está na hora de fechar a fábrica de bandidos, que são os filhos sem estrutura familiar, que crescem sem amor, sem carinho, sem atenção, sem disciplina e sem a correção necessária com amor! Está na hora de mudar a cultura, a maneira de se pensar neste país! A começar por nós! Pense, reflita, analise e tire as suas conclusões sobre o que compartilhamos. Não custa fazermos nossa parte! Se gostou, recomende aos familiares e amigos a leitura.

"Mas para vós, os que temeis o meu nome, nascerá o sol da justiça, e cura trará nas suas asas; e saireis e saltareis como bezerros da estrebaria", (Malaquias 4:2).

abril 29, 2017

PARA ONDE IREMOS?

PARA ONDE IREMOS?

Imagem extraída do Google

Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=Imagens+de+pessoas+caminhando&newwindow=1&safe=active&espv=2&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwjSkIH6_5zTAhVDfpAKHf3kCC4Q_AUIBigB&biw=1517&bih=708

Acessada em: 11/04/2017

Jer. 15:1-9

Quantos de nós já tivemos a experiência de estarmos perdidos e vem aquela sensação de mal estar, de angústia e de que precisamos de ajuda, e nem sempre a temos na hora que precisamos. Hoje tem o GPS para guiar nesses casos. A Bíblia é o GPS do cristão verdadeiro e de todos os que querem andar verdadeiramente com Deus e em sua presença. Jesus diz em (Jo. 12:46) "Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas". Todavia, aqueles que não querem andar na luz de Jesus Cristo estão perdidos. É o caso do povo judeu no tempo do profeta Jeremias.

Estamos diante de um texto da Palavra de Deus de expressões fortíssimas. Diante de expressões que descrevem a ira do Senhor Deus contra o seu povo, chamado o povo de Deus. Todavia, o povo é que provocava a ira de Jeová sobre ele, a justiça, a correção e o juízo, com sua desobediência, incredulidade deliberada e consciente, depravação, mundanismo, zombaria, deboche, idolatria, rebeldia sem causa, teimosia e obstinação do seu coração.

Foi neste contexto que o profeta de Deus, Jeremias, orou fervorosamente ao Senhor Deus por eles, como vemos em (Jer. 14:7) que diz: “Posto que as nossas maldades testificam contra nós, ó SENHOR, age por amor do teu nome; porque as nossas rebeldias se multiplicaram; contra ti pecamos”. No entanto, o profeta não obteve o cancelamento do flagelo que o Senhor havia determinado, nem atenuar, amenizar ou diminuir o julgamento, porque o Senhor já havia decretado. E depois que o Senhor Deus decreta não muda a sentença. Era e é irreversível. Logo, seria e é executada.

Deus estava negando, claramente, o favor, a bênção, o perdão procurados por Jeremias, o seu profeta, ao seu povo, o povo do Senhor.

Imagem extraída do Google

Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=Imagens+de+pessoas+orando&newwindow=1&safe=active&espv=2&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwiI3uOVgZ3TAhWJPpAKHT2qBIwQ_AUIBigB&biw=1517&bih=654

Acessada em: 11/04/2017

Deus proibiu o profeta de orar em favor do povo. Que ponto chegou a situação do povo para com Deus! É o que lemos em (Jer. 7:16-17) que diz: “Tu, pois, não ores por este povo, nem levantes por ele clamor ou oração, nem me supliques, porque eu não te ouvirei. Porventura não vês tu o que andam fazendo nas cidades de Judá, e nas ruas de Jerusalém?” Não era uma proibição para sempre, era uma proibição temporária, até que o povo de Deus mudasse de comportamento e reconciliasse com o seu Deus.

Imagem extraída do Google

Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=imagens+de+pessoas+trabalhando&newwindow=1&safe=active&espv=2&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwiJzIuQgp3TAhVFkZAKHcO-AIUQ_AUIBigB&biw=1517&bih=654

Acessado em: 11/04/2017

Ao invés de orar ao Senhor Deus, o profeta devia revelar ao povo a tristeza da alma do Próprio Deus por causa dos pecados do povo. É o que vemos em (Jer. 15:17-18). Como prova de que o Senhor estava negando atender ao profeta em suas orações, V.1, mandou o profeta dizer ao povo, que, ainda que Moisés e Samuel se pusessem diante do Senhor em oração, não atenderia, não porque as orações dos dois fossem mais poderosas e eficazes do que a de Jeremias, mas porque o Senhor estava enojado, entojado, enjoado com a vida depravada que o povo vivia e provocando a justiça do Senhor Deus.

Deus se refere a Moisés que orou pedindo o perdão de Deus pelo povo de Israel no deserto e foi ouvido como lemos em (Êx. 32:11,14), “Moisés, porém, suplicou ao SENHOR seu Deus e disse: Ó SENHOR, por que se acende o teu furor contra o teu povo, que tiraste da terra do Egito com grande força e com forte mão? [...] Então o SENHOR arrependeu-se do mal que dissera que havia de fazer ao seu povo”. Quando Samuel orou e foi respondido, (I Sam. 7:9), o que lemos: “Então tomou Samuel um cordeiro de mama, e sacrificou-o inteiro em holocausto ao SENHOR; e clamou Samuel ao SENHOR por Israel, e o SENHOR lhe deu ouvidos”. Já o (Sal. 99:6) diz: “Moisés e Arão, entre os seus sacerdotes, e Samuel entre os que invocam o seu nome, clamavam ao SENHOR, e Ele lhes respondia”. Agora o Senhor não quer responder a oração de seu profeta, Jeremias. Não havia oração que pudesse mudar a sentença que Deus dera ao povo diante do que o povo havia escolhido para si.

Deus manda Jeremias responder aqueles que por ventura perguntassem: “Para onde iremos?” Irá para onde escolhera ir. Os que escolheram a morte, irão para a morte. Os que escolheram a espada, irão para a guerra, para a morte a espada. Os que escolheram a fome, irão morrer de fome diante do cerco feito a cidade santa pelo exército de Nabucodonosor. Os que escolheram o cativeiro, a escravidão, irão ser escravos na Babilônia. Os que escolhem o Céu irão para o Céu. Os que escolhem o inferno irão para o inferno.

O povo de Israel e nós poder-se-iam dizer: Mas não escolhemos nada disso! Escolhemos sim! Quando deixamos de escolher vivermos para o Senhor, já estamos fazendo uma escolha pelo mundo com suas mentiras e enganações. Quando deixamos de escolher crer, já escolhemos ser incrédulos. Quando deixamos de escolher andar com Deus, já de antemão escolhemos andar com o Diabo. Quando deixamos de escolher fazer à vontade, já escolhemos fazer a vontade de Satanás. Quando deixamos de buscar ao Senhor em primeiro lugar em nossas vidas, já buscamos as coisas matérias, os prazeres, os divertimento, o lazer como a prioridade para as nossas vidas. Quando deixamos de viver uma vida de santidade para com Deus, é porque já estamos vivendo uma vida profana para nós mesmos. Quando deixamos de escolher a Palavra de Deus como meio de orientação para pautarmos as nossas vidas, é porque estamos escolhendo vivermos pelos parâmetros deste mundo enganador e mentiroso para as nossas vidas.

Para onde iremos?

Imagem extraída do Google

Disponível em: https://www.google.com.br/search?q=imagens+de+pessoas+trabalhando&newwindow=1&safe=active&espv=2&source=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwiJzIuQgp3TAhVFkZAKHcO-AIUQ_AUIBigB&biw=1517&bih=654#newwindow=1&safe=active&tbm=isch&q=imagens+de+pessoas+fazendo+escolhas

Acessada em: 1/04/2017

Para o destino que escolhemos. O Senhor nos dá o privilégio de escolhermos como queremos viver: Com Deus ou sem Deus. Se salvos ou perdidos. Se santos ou profanos. Com fé ou incrédula. Com obediência ou rebeldes e revoltados sem causa. Se em paz com Deus ou em guerreando com Deus. Sabendo, porém, que somos responsáveis pelas nossas escolhas. Ainda que não seja prazeroso para o Senhor Deus atender o nosso desejo de destruição, todavia Ele respeita as nossas escolhas. Se não vemos o que diz (Jer. 4:4) que diz: “Circuncidai-vos ao SENHOR, e tirai os prepúcios do vosso coração, ó homens de Judá e habitantes de Jerusalém, para que o meu furor não venha a sair como fogo, e arda de modo que não haja quem o apague, por causa da malícia das vossas obras”. O que o Senhor quer de nós é arrependimento e conversão de nossos pecados para que Ele possa nos curar e nos abençoar.

Jer. 29:13 "E buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração". "Clama a mim, e responder-te-ei, e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes", Jeremias 33:3

Bibliografia

1 - GILLl, John. Comentário de Jeremias 15:1-9. E-Sword-the Sword of the LORD withan electronic edge, Tradução do Google Tradutor.

2 – DELITZSCH, Keil. Comentário de Êxodo 2:1-10. E-Sword-the Sword of the LORD withan electronic edge, Tradução do Google Tradutor.

3 – HENRY, Matthew. Comentário de Êxodo 2:1-10. E-Sword-the Sword of the LORD withan electronic edge, Tradução do Google Tradutor.

4 - OLIVEIRA, Marcelo Ribeiro de. Bíblia Sagrada Versão Digital 6.7 Freewere. 2014. Disponível em: http://www.baixaki.com.br/download/a-biblia-sagrada-versao-digital.htm . Acesso em: 15 dez. 2014.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

FALE CONOSCO

Nome:


Email:


Assunto:


Mensagem:


PAZ VERDADEIRA SÓ EM JESUS! Jo. 14:27 "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou..."


VISITAS POR NAÇÕES