Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

maio 30, 2014

O TEMPO DE GENTE VAZIA

         O TEMPO DE GENTE VAZIA

        Rollo May, em seu livro: “O Homem a Procura de Si Mesmo”, nas páginas 14-17, trata da questão: “O Tempo de Gente Vazia”.
    





Imagem extraída de: https://www.google.com.br/search?q=IMAGENS+O+HOMEM+A+PROCURA+DE+SI+MESMO&rlz=1C1KMZB_enBR563BR565&espv=2&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=MZWIU-DOCKTf8AGW14DACA&ved=0CCwQsAQ&biw=1366&bih=667, em 30/05/2014.
        Ele afirma que “o problema principal do homem em meados do século XX é o vazio” interior que as pessoas carregavam; o que não tem sido diferente no tempo presente, depois de uns 65 anos que ele afirmara isso.
        Pessoas vazias no querer, porque não sabem o que querem da vida. Pessoas indefinidas, não sabem definir o que sentem, o que pensam, cheias de dúvidas.
        São pessoas que vivem vagando de um lado para outro, em busca de novidade, de modismo; por isso sofrem porque estão ocas, vazias, infelizes e sem objetivos para a vida.
        Estão vagando em busca de felicidade, felicidade esta que não acham e não encontram onde estão buscando. E, por que não acham a felicidade no namoro, na vida a dois, no alcoolismo, nas drogas, nas baladas, no adultério, na prostituição, nas riquezas, nos diplomas de bacharéis e doutorados? Não acham porque se a felicidade estivesse nestas coisas, as pessoas destes grupos seriam felizes; o que as pesquisas e a Mídia em geral apontam que não. E porque são infelizes, não se firmam em um relacionamento amoroso estável, em um emprego e em seus projetos! Começam um relacionamento, um projeto e tempo depois, rompem-se.
        São pessoas infelizes buscando a felicidade no outro, no cônjuge, ou em alguma coisa. Daí o aumento do uso de drogas licitas e ilícitas, que contribuem para os rompimentos de relacionamentos, detonam os familiares e a felicidade. Por que há o rompimento de relacionamentos? Porque os ideais estão invertidos. querem que os outros as façam felizes. quando deveria ser feliz para fazer o (a) outro (a) feliz. Para que o relacionamento seja feliz, duradouro, a pessoa tem que ser feliz para fazer a outra pessoa feliz; mas como ser feliz se é vazia? Daí que percebemos as pessoas, em sua maioria, soa vazias, infelizes na expectativa que as outras pessoas as farão felizes. O que é muito difícil fazer uma pessoa infeliz, feliz. Por isso que vemos tantos relacionamentos rompidos, desfeitos, acabados e separados; ou vivem debaixo do mesmo teto, porém infelizes, vivendo de aparência, escondendo a infelicidade dos outros.
        Podemos chamar isso de expectativas equivocadas, ao esperar que o namorado, a namorada, o cônjuge ou qualquer substância preencherá o vazio de seu interior, quando isso não acontece, os resultados são pessoas ansiosas, decepcionadas, zangadas e violentas.

        O TEMPO DE GENTE VAZIA
        Este vazio interior leva a ansiedade; e ambas são as principais explicações o porquê os indivíduos começam os vícios pela cerveja, o cigarro ou tabaco, com algumas exceções, vão migrando para bebidas mais fortes; para a maconha, craque, cocaína, para as drogas que causa efeito devastador. Esse é o tipo de pessoa que está fixada, presa, amarrada em seu passado, que só fala dos pais, dos professores, dos patrões, dos governantes, como sendo esses os culpados de seus fracassos, derrotas, miséria e insucesso.
        São incapacitados de projetarem suas vidas para o futuro, em fazer uma faculdade, em construírem uma família sólida, sonharem comum emprego e com uma profissão.
        O Pr Billy Graham afirmou certa vez que: “Deus é do tamanho do vazio que o homem tem dentro de si”. Vazio este que só o Senhor pode preencher.
        As pessoas estão buscando preencher esse vazio em coisas materiais, em estilo de vida e em modismo, o que não preenche. Estão em busca da felicidade, felicidade que só é possível quando estamos plenamente cheios de Deus. Como afirma a Palavra do Sr em (Ef. 3:19) “E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus”. E em (Jo. 1:16) diz: “E todos nós recebemos também da sua plenitude, e graça por graça”.
         Parece simplista demais, todavia as experiências das pessoas que viviam infelizes, que buscaram a felicidade em tantas coisas e meios, mas não encontraram, contam que no dia em que tiveram uma experiência, um encontro com o Sr Jesus Cristo, encontraram verdadeiramente a felicidade, porque preencheram o vazio interior.
        Joga fora esta vida vazia em que vive, para ganhar uma nova vida em Cristo Jesus. Seja feliz vivendo intensamente com Cristo. Busque a Cristo na Palavra de Deus. Convide-O a fazer parte de sua vida, a mudar tudo o que precisa ser mudado e serás feliz.

        Flávio da Cunha Guimarães

Bibliografia
1 - MAY, Rollo. O Homem a Procura de Si Mesmo. Tradução de Áurea Brito Weissenberg. 1982, Editora Vazes, 9ª Edição, Petrópolis, 230 P, P. 14-17.
2 - oliveira, Marcelo Ribeiro de. Bíblia Sagrada Versão Digital 6.7 Freeweremarcelo@blasterbit.com.

CUIDADO COM AS ARTIMANHAS!

         CUIDADO COM AS ARTIMANHAS!

      Desde o tempo dos Apóstolos já havia a preocupação com as artimanhas dos homens mal intencionados. Em (Ef. 4:14) o Apóstolo Paulo previne a igreja deste perigo, quando diz: “Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente”.

        Daqui a 12 dias começará a Copa do Mundo no Brasil. Copa tão esperada, comentada, propagada, dispendiosa, pois foram milhões e milhões gastos, sem uma prestação de contas transparente. Sabe-se lá quanto desvio de verbas aconteceu nestas obras. Obras inacabadas, e, por isso tão contestadas.
        Por coincidência será o período em que os partidos estarão escolhendo os seus candidatos para a eleição de outubro enquanto a atenção, a euforia do povo estará voltada para o futebol, mesmo depois da Copa, ganhando ou perdendo, será motivo de atenção.
        É aí que precisamos de atenção redobrada, principalmente para que não seja aprovado, no Congresso, aqueles projetos indesejáveis que podem passar desapercebidos.
        Como tem passado desapercebido que a Rede Globo de Televisão parece que já está fazendo campanha para Aécio Neves do partido político PSDB que tem o Nº 45, bem como para Eduardo Campos, do partido político PSB que tem o Nº 40, na Novela “Geração Brasil”.
        Os números quase não são percebidos entre as letras. Mas se olhar com atenção verá os números, pois estão lá. Isso se chama mensagem SUBLIMINAR que tem como propósito incutir a mensagem no subconsciente de cada telespectador sem que a pessoa perceba. Não se deixe enganar. Fiquemos atentos a todas as manobras políticas e intencionais.
        Pr Flávio da Cunha Guimarães

maio 26, 2014

EU NÃO ESTOU SATISFEITO! VOCÊ ESTÁ?

        EU NÃO ESTOU SATISFEITO! VOCÊ ESTÁ?

        Sejamos honestos e sinceros para conosco mesmos. Estamos nós satisfeitos com as leis frouxas de nosso país? Leis que dão privilégios para os bandidos enquanto gente do bem fica refém deles?
        Estamos nós satisfeitos com a bandidagem mandando nesse país, estabelecendo as suas próprias leis dentro de comunidades, espalhando terror e o povo fica calado porque corre o risco de vida?
        Estamos nós satisfeitos com a Justiça que condena uma mulher a 4 anos de reclusão porque roubou um pote de margarina, enquanto o que desviou 1,2 bilhões de reais está solto?
        Estamos nós satisfeitos com tanta impunidade, bandidos que são soltos antes de cumprirem as penas? Em não estou satisfeito, você está?!

        Chegamos ao ponto que não suportamos mais tanta imoralidade dentro das instituições e empresas que envolvem os governos, câmaras e congresso Nacional. Tanta corrupção de todas as partes e instâncias; tanta banalidade para com a vida humana.
        Chegamos no limite que não dá mais para suportar tanta violência e de maneira brutal!
        Está na hora de o povo colocar um basta em toda essa baderna! Dizer: Chega de desmando! De incompetência de se submeter a comando de bandidos!

        Chega, também, de os pais fazerem de conta que educam os filhos! Está na hora dos pais começarem colocar limites para os filhos, disciplinar e corrigir o comportamento errado, se o mesmo persistir. Chega de tanto absurdo! Pirralhos que acabaram de sair das fraldas pintando, bordando, mandando, desmandando; os pais ficam olhando, achando que a desobediência, a rebeldia é assim mesmo, que tudo que os filhos fazem de errado é normal!
        Pais passivos diante das atitudes agressivas dos filhos. Filhos que desde pequenos batem no rosto dos pais; chutam-nos; mordem-nos; xingam os pais; faltam com o respeito para com os idosos e os pais não corrigem os filhos!
        Pais que dizem NÃO para os filhos, mas os filhos continuam fazendo as mesmas coisas erradas e os pais não tomam atitude! Se é não, é não e pronto!
        Filhos que crescem não respeitando os pais, não respeitarão as autoridades, desde a escola, juízes até a autoridade de Deus. Filhos esses que terão grande tendência para serem marginais.

        Chega de omissão. Está na hora de corrigir o que está errado. Está na hora de denunciar os crimes e criminosos! Está na hora de fechar a fábrica de bandidos, que são os filhos sem estrutura familiar, que crescem sem amor, sem carinho, sem atenção, sem disciplina e sem a correção necessária. Está na hora de mudar a cultura, a maneira de se pensar neste país! A começar por nós! Pense, reflita, analise e tire as suas conclusões sobre o que compartilhamos.
        Pr Flávio da Cunha Guimarães

maio 19, 2014

HONESTOS E SINCEROS CONOSCO MESMOS!

             HONESTOS E SINCEROS CONOSCO MESMOS!

             Sejamos honestos e sinceros para conosco mesmos. Estamos nós satisfeitos com o que está acontecendo com as famílias em nossos dias?
        Famílias sem estrutura financeira; sem estrutura psicológica e emocional; Fabricando filhos. É isso mesmo! Filhos fabricados por mães e pais crianças, que não tem condições emocionais, psicológicas de cuidarem de si mesmos, com raras exceções, como cuidarão de filhos?
        Adultos também que não assumem a responsabilidade da paternidade ou da maternidade, quem sofre são os filhos, os avós para criarem os netos!
        Estamos nós satisfeitos com a falta de comprometimento; com a falta de responsabilidade no relacionamento a dois?
        Fabricam os filhos sem saber se realmente querem viver uma vida a dois, se amam um ao outro! Se estão dispostos a pagarem o preço do comprometimento de viver em família!
        São sintomas que caracterizam que as famílias estão doentes.
        Doentes fisicamente, pois as pessoas estão vivendo o auge do estresse, irritadas, esgotadas emocionalmente; explodindo suas emoções por coisas banais; em uma tristeza profunda; depressivas.
        Doentes moral e eticamente, pois as pessoas não tem noção do que é certo, do que é errado. Principalmente as gerações mais jovens; para elas tudo está certo, pois o parâmetro que mede os limites morais, éticos são a vontade, o desejo, o “amar” e o querer de cada um.
        Doentes espiritualmente. Não estou falando dos desigrejados, isto é, daqueles que estão fora de uma Igreja.
        O meu público alvo são aquelas pessoas que até fazem parte de alguma igreja, todavia não querem compromisso com a igreja; não querem compromisso com o Evangelho que a igreja deveria ensinar; não querem compromisso com o Senhor Jesus da igreja.
        Muitos estão na igreja, não para adorar, para exaltar, para glorificar o nome do Senhor. Estão na igreja em busca da prosperidade, das bênçãos, de curas milagrosas, de reveladas sem uma mudança de vida. Daí que se não há mudança de vida, não há mudança na sociedade. Se não há mudança de vida, não há mudança de famílias, não há mudança de mentalidade, de caráter.
        O Senhor Jesus quer mudar, e mudar para melhor; todavia, as pessoas não querem; não deixam; não entendem; estão obcecadas; com as mentes cauterizadas porque foi feita uma lavagem cerebral nelas. Pensam que estão na verdade, no entanto, a verdade, que é Jesus Cristo, (Jo. 14:6), não está nelas.
        A mudança que o povo brasileiro precisa experimentar, só será possível mediante o poder sobrenatural do Senhor Jesus Cristo agindo em cada vida.
        Deixe Jesus Cristo mudar a sua vida enquanto há tempo; antes que seja tarde demais.

maio 12, 2014

UM DIA DEPOIS DO DIA DAS MÃES!

        UM DIA DEPOIS DO DIA DAS MÃES!


        Imagem extraída do Face de Raynara Almeida.
        Ontem foi um dia festivo, de muita alegria. Dia das mães. Dia de reunir os filhos, noras, genros, netos, quem sabe bisnetos ou tataranetos. Dia de dar presentes. Dia de Ganhar presentes. Fazer aquele almoço em família.
        Como é bom, como é gostoso a família reunida e unida, em torno da mãe, sendo considerada, amada uma pessoa tão importante e especial para todos nós que somos filhos. Você já deu um beijo, um abraço caloroso, afetivo, carinhoso na sua mamãe hoje? Já disse a ela o quanto a ama? O quanto ela é importante em sua vida?
        Esta manifestação de carinha, de consideração, de amor, não deve acontecer somente hoje, dia das mães; os filhos devem demonstrar o seu respeito, zelo, carinho, consideração, amor pela sua mãe todos os dias.
        Não deixe para dizer para ela coisas bonitas quando ela já estiver em um caixão, em um velório! Não! Quando ela estiver sendo velada, não poderá ouvir a sua voz, nem sentir o seu afeto, o seu carinho, o seu amor. Demonstre o seu afeto, o seu amor enquanto ela vive, enquanto ela pode receber, se emocionar e ser grata pelos filhos que tem. Faça isso de maneira sóbria, sem encher a cara. Sua mãe poderá se sentir mais valorizada com essa demonstração de amor, do que receber um presente que não é dado de coração. Se você está sem coragem para dizer a sua mãe o quanto a ama, o quanto ela é importante para você, peça ajuda ao Papai do céu, mas não deixe fazer a sua homenagem! Afinal, se estamos aqui é porque fomos gerados em seu ventre.

        Fico maravilhado quando vejo os filhos tratando suas mães com amor, com carinho, com zelo, com respeito, com consideração, com estima e emoção. Por outro lado, fico triste em ver a televisão colocando cenas de filhos enfrentando, confrontando, desafiando, desobedientes, rebeldes para com as mães, ferindo-as com palavras e, as vezes, violentando fisicamente. Cenas, que sem dúvida, incentivam este comportamento dentro da família, o que contraria os ensinamentos do Senhor.
        Fico pensando na tristeza de Deus em ver filhos desrespeitando, maltratando as mães que os criaram com tanto amor, zelo e dedicação! Filhos estes que não conhecem os mandamentos do Senhor para eles; e, se conhecem não estão preocupados em praticá-los.
        Falando em mandamentos, vejamos o que nos diz (Ef. 6:1-3) “Vós, filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe, que é o primeiro mandamento com promessa; Para que te vá bem, e vivas muito tempo sobre a terra”.

        O texto quando diz no (V. 1) “sede obedientes”, o Senhor Jeová está ordenando, mandando, é um imperativo. Deus não dá outra alternativa, a não ser a obediência. A desobediência não entristece somente a mãe, entristece o Senhor Jeová também.
        Há um outro imperativo neste texto. “Honra...”. Não são os pais que pedem, que ordenam os filhos a honrem os pais, mas o Senhor é que ordena que os filhos honrem os pais.
        O sentido é que os filhos devem tomar essa atitude de honrarem os pais, sem os pais cobrarem dos filhos tal atitude.

        Se o Senhor ordena obedecer e honrar os pais, é porque já havia desde antiguidade os filhos desobedientes e que não honravam os pais. A obediência e a honra se fossem uma prática natural dos filhos, Deus não precisava ordenar. Se o Senhor ordena, é porque a desobediência já vem desde o início. Caim que o diga.
        De zero a dez, qual é a nota que você dá para si mesmo quanto a obediência e o honrar aos seus pais? Para ser aprovado(a) tem que ser de oito para cima. Menos do que oito está reprovado(a), logo precisa repensar sua a obediência para com seus pais, e também para com o Senhor Jeová. Se queremos viver uma vida longa, bem vivida nesta terra, uma das coisas que precisamos fazer, é obedecer e honrar pai e mãe. Assume este propósito, em sua vida agora.

        Uma palavrinha para as mães:
        Você que é mãe que fica um tanto acanhada, pensativa se merece ou não tanta consideração, pois fica se auto avaliando, se autoanalisando e conclui que falhou em determinados momentos para com os filhos; na educação; no lidar com eles; não fique cobrando de si mesma a perfeição, porque humanamente enquanto aqui vivermos, será impossível sermos perfeitos.
        O mais importante que você, mãe, deve pensar, é se você fez tudo pelos filhos por amor, com carinho, com zelo, pensando no melhor, no bem estar deles. Filho nenhum tem o direito de cobrar de sua mãe a perfeição, se nós filhos não somos perfeitos.
        Recebe as homenagens de seus filhos porque elas são justas. Afinal, ser mãe não é tão fácil assim. É tarefa difícil, que se torna mais fácil por causa do grande amor que as mães tem pelos filhos. Amor este que só é menor do que o amor do Senhor Deus por nós. Amém!

        Pr Flávio da Cunha Guimarães

maio 05, 2014

AS FAMÍLIAS A ESPERA DE DIAS MELHORES!

        AS FAMÍLIAS A ESPERA DE DIAS MELHORES!

        O nosso texto está em (Jer. 8:4-22), mas só leremos os (V.15,20) que dizem: “Espera-se a paz, mas não há bem; o tempo da cura, e eis o terror... Passou a sega, findou o verão, e nós não estamos salvos”.

        Para quem conhece um pouco, um pouco mesmo, de história bíblica, de história geral ou secular, sabe, tem conhecimento que a humanidade vivia e ainda vive a espera de dias melhores, principalmente nos momentos difíceis, em que podemos pontuar algumas situações, alguns momentos ao longo da história.
        Citaremos um só exemplo entre tantos.
        No livro de (Gen. 6:1-13) relata que a depravação, a imoralidade, a maldade e a violência chegaram a tais pontos, a tais níveis que a humanidade estava à espera de dias melhores, o que não veio. O que veio foi o Dilúvio, salvando somente a vida da família de Noé.

        Você talvez esteja perguntando: Mas porque não veio esses dias melhores?
        Não veio por uma simples razão: Porque não dependia e ainda não depende só da vontade de Deus; do querer de Deus. Deus pode, Deus quer, Deus age. Todavia, a vontade de Deus; o querer de Deus; o agir de Deus depende também da humanidade querer que Deus age em sua vida.
        Depende da humanidade querer mudar a maneira de pensar, de agir, de se comportar, de se relacionar com Deus, de crer em Deus.
        Deus não age na vida de quem não quer que Ele age. De quem vive uma vida pecaminosa, de rebeldia para com Deus; que despreza os ensinamentos da Palavra de Deus, que despreza o Próprio Deus.
        Deus respeita o direito de escolha nosso e não livra-nos das consequências de nossas escolhas erradas. Portanto, pense bem antes de fazer as suas escolhas!
        Quantas famílias sofrendo por causa de suas escolhas desastrosas!

        Quantas famílias sofrendo com a ação satânica através das drogas, do alcoolismo, filhos mal criados, rebeldes, desobedientes, violentos, morrendo novos de maneira trágica? Pais irresponsáveis, que não assumem os filhos! Negam-lhes o afeto, o carinho, o amor, o alimento sólido e ainda agridem os filhos com palavras e fisicamente!
        As famílias a espera de dias melhores, mas esses dias melhores não vem! Porque não vem? Porque cada vez mais a humanidade está afundando na incredulidade, abandonando a casa de Deus; os que estão na casa de Deus, estão vivendo uma vida superficial, sem temor a Deus.
        Quanto mais a humanidade afasta-se de Deus, pior a situação da humanidade fica. Quanto mais a humanidade busca as respostas para as suas mazelas no conhecimento humano, mais irracional, insensível ela tem se tornado. O ser humano está cada vez mais embrutecendo-se.
        As provas estão aí! Quanto racismo existente, mesmo nos países considerados desenvolvidos!
        Quanta violência com requinte de crueldade? Pai e madrasta do RS mataram o filho e tentaram ocultar o corpo do menino. Como que um pai pode fazer isso? Veja a reportagem sobre o Pai Médico, Madrasta enfermeira e colega suspeitos de matarem o menino Berdardo Boldrini 
https://www.youtube.com/watch?v=PQMq5_5QcSs


        Uma adolescente, de 13 anos, em Goiana quis envenenar a mãe, porque recebeu um não. Ainda conta na delegacia o feito dando risadas, dizendo que faria outra vez e que não está arrependida. Que situação chegamos. É o fim do mundo!
Veja o link https://www.youtube.com/watch?v=S89QkLtYmBY

        A humanidade, antes do Dilúvio, não foi capaz, por si mesma, de ter solução para os seus problemas que ela mesmo criara, como a humanidade hoje não tem solução para os seus próprios problemas.
        Nestes últimos 70 anos, criaram mecanismo nacionais e internacionais como ONU, FMI, Confederações, Tratados, Grupos Humanitários, Confederações, Economia Global, ONGs, Planos (“Fome Zero”), Ministérios, ECA para solucionar as mazelas, os problemas que a humanidade está afundada; mas nada deu certo, nada resolveu, nada melhorou.
        Lamento dizer, não quero ser profeta do caos, do pessimismo, mas é real, não haverá melhorar. Porque a única solução para os problemas da humanidade que ela mesma criou é o Senhor Jesus Cristo.
        Ele veio para restaurar a ordem, mudar a concepção da humanidade; mudar o jeito de ser do ser humano, mas a humanidade não quer o Senhor Jesus Cristo. Diz que é radical. É fanatismo. É retrógrado.
        Pense no que conversamos e mude a sua maneira de pensar; admita que só o Senhor Jesus Cristo resolverá os problemas graves que atingem as famílias, e por conseguinte a humanidade.
        O Senhor Jesus Cristo quer mudar o mundo, a começar pela sua vida primeiro, depois Ele vai mudando os familiares. No dia em que Ele mudar todos os seres humanos na face da terra, teremos dias melhores.

        Flávio da Cunha Guimarães

        Bibliografia:
1 - HARRIS, R. Laird; Gleason L. Archer Junior e Bruce K. Waltke. Dicionário Internacional de Teologia do Antigo Testamento. Tradução de Márcio Loureiro Redondo; Luiz A. T. Sayão e Carlos Osvaldo C. Pinto. 2008, Ed. Vida Nova, São Paulo, 1789 p, p. 235.
2 - Bíblia de Estudo de Genebra. São Paulo e Barueri. Cultura Cristã e Sociedade Bíblica do Brasil, 1999, 1728 p.
3 - Bíblia Vida Nova. Traduzida por João Ferreira de Almeida. Editora: S. R. Edições Vida Nova, 2ª Ed. 1978, São Paulo.
4 - BOYER, Orlando S. Pequena Enciclopédia Bíblica. 7ª Ed. Editora Vida, Miami Flórida USA, 665 p.
5 - Bíblia de Promessas. Tradução João Ferreira de Almeida. RC. 2ª Edição, Co-edição JUERP e King's Cross Publicações, 2009.
6 - RIENECKER, Fritz e Cleon Rogers. Cheve Linguistica do Novo Testamento Grego. Trad. De Gordon Chown e Júlio Paulo T. Zabatiero. 1985, Ed. Sociedade Religiosa Edições Vida Nova, São Paulo, 639 p.

7 - Marcelo Ribeiro de Oliveira. Bíblia Sagrada Versão Digital 6.7 Freewere, marcelo@blasterbit.com
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

FALE CONOSCO

Nome:


Email:


Assunto:


Mensagem:


PAZ VERDADEIRA SÓ EM JESUS! Jo. 14:27 "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou..."


VISITAS POR NAÇÕES