Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

agosto 13, 2010

NÃO CREMOS, NÃO SEGUIMOS FÁBULAS.

II PE. 1:16.
NÃO CREMOS, NÃO SEGUIMOS FÁBULAS.

Preciso dizer algumas verdades a vocês, queridos leitores, todavia, quero lhes pedir para não ficarem bravos(as), zangados(as) comigo, pois a minha intenção não é ofender as convicções religiosas de ninguém, mas expor as minhas convicções com base na Palavra de Deus. Se quiserem ficar bravos que fiquem com a Palavra de Deus que é a verdade, (Jo. 1:17 e 8:32) ou com o Próprio Senhor!
As verdades são as seguintes:

1 – Todos aqueles que crêem que vão para o Purgatório para sofrerem, pagarem os pecados, na verdade, crêem e seguem fábulas!

2 – Todos os que crêem que os vivos intercederão pelos mortos, portanto vão sair do purgatório e vão para o céu, crêem e seguem fábulas!

3 - Todos aqueles que crêem que os mortos falam com os vivos e intercendem por eles, crêem e seguem na verdade fábulas, pois a Bíblia diz em Hebreus 9:27 assim: "E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez vindo depois disso o juízo", bem como Lucas 16:19-31.

4 – Todos os que crêem na reencarnação, são várias seitas e religiões que crêem na reencarnação, crêem e seguem fábulas!

5 – De igual modo, todos os que se tornam membros de igreja, achando que pelo fato de serem membros de uma igreja já estão salvos, crêem e seguem fábulas!
O que é fábula? Diz o dicionário, que é a narração de fatos imaginários; coisa figurada; mentira; o que não é real;
Nos dias de Jesus Cristo andou pela Palestina a cultura judaica estava impregnada, empesteada pela cultura grega, Romana, Pérsica, Babilônica; cheia de mitos, deuses e fábulas.
Zeus, Júpiter; Netuno; Marte; Mercúrio; Vulcano; Apolo; Jânio; Ceres; Diana, a deusa da sensualidade, da fertilidade; Vênus, a deusa da formosura, da beleza. Minerva, a deusa da ciência. Aurora, a deusa da manhã. Baco, o deus do vinho, religião de mistérios, tantos outros. São fábulas!
Quando a igreja surgiu muitos criam chamados de cristãos criam, queriam trazer, praticar e discutir dentro da igreja essa cultura, essas fábulas. Daí o Apóstolo Pedro escreve: ”Porque não vos fizemos saber a verdade e a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo, segundo fábulas artificialmente compostas; mas nós mesmos vimos a sua majestade”.
Pedro está dizendo que não ensinou, não escreveu, não viu uma fábula construída, arquitetada, mas que ele mesmo viu a Cristo, a sua majestade. Diante dessa convicção ele conclama para que creiamos em Cristo, Ele é real!
Daí que posso afirmar: Não seguimos fábulas, mas os ensinamentos de Jesus Cristo que estão na Bíblia. Não seguimos mentiras, mas a verdade.
Não seguimos a ídolos, mas o Próprio Cristo Jesus.
Se seguimos a Cristo, por que muitos vivem esse Cristo de maneira tão superficial? Um Jesus tão barato que não passa de uma fábula na vida de muitos seguidores! Um Jesus que parece sem poder para transformar vidas! Tantos dizem que estão seguindo a Cristo, mas a vida não mudou em nada! Continuam nas mesmas práticas, nos mesmos pecados!
Não tem sido diferente no Brasil.
A cultura popular brasileira está cheia de fábulas, de mitos religiosos, de amuletos, de ritualismo de homens que tem fascinado os que não conhecem a Palavra de Deus, os que não conhecem o Próprio Deus da Palavra.
As fábulas, os mitos têm como objetivo induzirem as pessoas a crerem, não no Evangelho do Senhor Jesus, mas nas histórias; a crerem, não em Jesus Cristo, mas nos deuses criados pelos homens.
Com isso o sacrifício de Jesus Cristo na cruz para perdoar nossos pecados não perde o seu valor diante das fábulas.
Se criou centros religiosos que tem supostos poderes sobrenaturais para abençoar, para proteger, para curar. O poder não está em Cristo, na Palavra de Deus, mas no mito, na imagem, no local, na pessoa que ministra naquele lugar, na instituição. Para esses lugares vão às multidões em busca do suposto poder de santificação, de bênçãos, de proteção, de curas, de perdão, de salvação, de prosperidade, de casamento, enfim, toda sorte de bênçãos que na maioria dos casos estão condicionadas a fidelidade, obediência a Deus.
As pessoas fazem um sacrifício tremendo! Gastam muito dinheiro! Andam ajoelhados! Martirizam-se! Não sabem que estão sendo enganadas. Sacrifício pra nada!
O Senhor Jesus diz em Mat. 9:13: “Misericórdia quero e não sacrifício”!

Essa cultura religiosa cheia de mitos, de fábulas, está negando três coisas em:
6 – NEGA O PODER ABSOLUTO DE DEUS:
Acreditam mais no suposto poder do mito, no local onde o mito está do que no poder do Senhor Jesus e no seu Evangelho.
Por falta de conhecimento das Escrituras, o que Jesus Cristo diz em Mat. 22:29 – “...errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus”, crêem que Deus não tem todo o poder, que Deus precisa da ajuda do mito, da fábula, de entidade, do deus local para abençoar, para perdoar os pecados, para salvar.
Vivemos em um mundo pós moderno quanto à tecnologia, mas com relação às crenças vivemos o mundo primitivo, a crença do deus local, do deus familiar, o deus de Raquel, o Deus que era transportado de uma parte para outra. Confere Gen. 31:30,32 e Is. 45:20.
O deus que precisa ser carregado não tem poder de abençoar, de fazer milagre, de perdoar pecado, muito menos de salvar, pois o Deus que abençoa não é carregado, mas carrega-nos em seus braços. Pense nisso! Deus não precisa de ajuda, Ele precisa que creia nEle, que seja fiel a Ele! Ele é o Deus de todo o poder. São 26 textos na Bíblia que falam do seu poder!

Essa cultura religiosa cheia de mitos, de fábulas, está negando três coisas em:
7 – NEGA O UNIVERSALISMO DE DEUS:
Deut. 10:17 diz: “Pois o Senhor vosso Deus é o Deus dos deuses, e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e terrível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita recompensas”;
O Sal. 92:5 diz: “Quão grande são, Senhor, as tuas obras! Mui profundos são os teus pensamentos”.
O Deus que é maior do que o universo que criou eles crêem como sendo o deus daquela cidade, o deus local.
Os cientistas descobriram no dia 21 / 07 / 2010 uma estrela que tem 265 vezes a massa do Sol. Sua luminosidade é 10 milhões de vezes maior do que o Sol. Tudo isso foi criado por Deus para provar a universalidade, a grandeza de Deus!

Essa cultura religiosa cheia de mitos, de fábulas está negando em:
8 – NEGA A SALAVAÇÃO EXCLUSIVA, ÚNICA NO SENHOR JESUS CRISTO:
As multidões que vão para esses locais, crêem que a salvação está nos mitos, nas fábulas, nos deuses criados pelas mãos dos homens, e não em Jesus Cristo. Mas a Palavra de Deus diz em Heb. 10:12 “Mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados, está assentado para sempre à destra de Deus”.
Para os que crêem em mitos e fábulas, a morte redentora de Cristo na cruz fica sem valor. Pensam que Jesus Cristo precisa de uma ajudinha dos deuses, dos ídolos, das entidades para ajudarem o Senhor Jesus a salvar. O seu sacrifício na cruz não é suficiente, não basta! A morte redentora de Cristo na cruz fica sem valor.
A fé dos Apóstolos tem um fundamento, que é Cristo. Uma História Verdadeira: Cristo, o Cristianismo, a Palavra de Deus. As testemunhas: Os apóstolos. Há um poder confirmado: As curas, as libertações nos presídios, a ressurreição, o exorcismo.
A fé dos Apóstolos Pedro conforme o texto de II Pe. 1:16 e de Paulo em II Tim. 1:12 que diz: “Eu sei em quem tenho crido” é a nossa garantia. Daí que podemos afirmar: Não seguimos fábulas, seguimos os ensinos da Bíblia, seguimos o Senhor Jesus.
Você deseja deixar de seguir fábulas e mitos para ser um seguidor de Cristo? Reconhece que é pecador. Arrependa-se e confesse os seus pecados a Cristo. Creia nEle e aceite-O como seu único salvador. Procure uma igreja onde o Evangelho é pregado com sinceridade!
Pastor Flávio da Cunha Guimarães. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

FALE CONOSCO

Nome:


Email:


Assunto:


Mensagem:


PAZ VERDADEIRA SÓ EM JESUS! Jo. 14:27 "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou..."


VISITAS POR NAÇÕES